agachamento isométrico na parede

Agachamento isométrico na parede: como realizar?

Entenda o que é o agachamento isométrico na parede, seus benefícios e como turbinar seus resultados.

 

Você já ouviu falar em agachamento isométrico na parede? Ideal para quem deseja tonificar a musculatura dos glúteos e pernas, o exercício trabalha diferentes grupos musculares das regiões inferiores.

Além disso, essa modalidade de agachamento não possui muitas restrições para sua prática. No entanto, grupos como idosos, crianças e pessoas com hipertensão não devem colocar o agachamento isométrico na parede em sua rotina de exercícios.

 

Agachamento isométrico na parede: dicas e erros por Pri Huber.

 

Agachamento isométrico na parede Por @prihuber_personal

Antes de entender sobre o agachamento isométrico na parede, entenda o conceito de isometria.

O que é isometria?

A isometria pode ser definida como uma contração muscular sem alteração no comprimento muscular. Ou seja, são exercícios isométricos aqueles que promovem uma contração muscular sem realizar movimentos.

Portanto, exercícios isométricos são indicados para a preparação de esportes que utilizam contrações isométricas, como lutas e ginásticas. Além disso, também são utilizados na recuperação de determinadas lesões.

Dessa forma, também são utilizados para o ganho de resistência muscular e de força. No entanto, os resultados desses objetivos só são satisfatórios combinando com exercícios dinâmicos.

 

agachamento isométrico na parede
Foto: ironoctopusfitness.com

 

Por que fazer o agachamento isométrico na parede?

 

Para abordarmos melhor o assunto, nada melhor do que uma especialista, né? Por isso, conversamos com a personal trainer Pri Huber, que trouxe alguns dos principais benefícios desse tipo de exercício.

Segundo a profissional, embora esse tipo de agachamento seja o queridinho de quem deseja fortalecer a região do core e glúteos, seu principal objetivo é o fortalecimento de quadríceps.

Pri acredita que, por ser uma atividade de baixo impacto, o agachamento isométrico na parede fortalece a musculatura sem sobrecarregar a articulação do joelho. No entanto, é importante ressaltar que, ao sentir qualquer desconforto, posicione-se de uma maneira que não cause desconforto na articulação.

 

Confira outros benefícios do agachamento isométrico na parede:

  • Melhora a postura e o alinhamento da coluna;
  • Ajuda a prevenir lesões;
  • Reabilita determinadas lesões;
  • Indiretamente, fortalece os ossos.

 

Como fazer o agachamento isométrico na parede?

 

Esse é um exercício relativamente simples de executar: com os pés paralelos conectados no chão, “sente” na posição com os joelhos 90° e mantenha sempre a coluna apoiada na parede.

Confira uma demonstração do exercício:


Se você não for uma pessoa sedentária, Pri recomenda a prática dessa modalidade de agachamento com pesos. Confira uma demonstração:

Quais os erros mais comuns e como evitar?

 

Em parceria com a Pri Huber, listamos os erros mais comuns durante a prática do agachamento isométrico na parede e aprenda como evitar:

  • 👎 Deixar os pés para trás da linha do joelho: não deixe que os joelhos ultrapassem os dedos dos pés. Assim, evite lesões.
  • 👎 Desencostar as costas da parede: manter as costas retas na parede é, muitas vezes, um desafio. No entanto, procure prestar atenção nos seus movimentos enquanto pratica o agachamento. Nesse momento, o auxílio de um personal trainer pode ser fundamental.
  • 👎 Não contrair o abdômen: mais uma vez, preste atenção nos seus movimentos. Não contrair o abdômen enquanto pratica esse agachamento pode prejudicar sua coluna cervical.

 

Quer saber tudo sobre exercícios para glúteos? Temos um post completo aqui.

Além disso, separamos outros textos pelos quais você também possa se interessar:

 

Dieta Fitness: O que é, dicas e alimentos para quem treina

Crossfit emagrece? Conheça os famosos adeptos a este tipo de treino

Alimentos fitness: tudo o que você precisa saber para uma rotina equilibrada

 

Siga o Ciência Fitness no Instagram e fique por dentro de todas as novidades sobre o mundo das academias, alimentação saudável, hipertrofia e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *