//Álcool e academia: o que eu preciso saber para não prejudicar o meu treino?

Álcool e academia: o que eu preciso saber para não prejudicar o meu treino?

2021-02-12T15:38:58+00:00 fevereiro 12th, 2021|Categories: Fitness|Tags: |

Entenda a relação entre álcool e academia: qual é o efeito das bebidas alcoólicas para o desempenho de atividades físicas.

 

Sabemos que o consumo de bebida alcoólica faz parte do hábito de muitos brasileiros.

Por exemplo, sobre a cerveja: o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) trouxe alguns números reveladores. A média diária per capita de consumo de cerveja entre os homens é mais que o triplo da média feminina (54,5 g/dia contra 16,4 g/dia).

Além disso, a maior parte do consumo de cerveja é adquirida e consumida fora do domicílio (51,0%). Esse alto percentual de quantidade consumida fora do domicílio também foi observado para as bebidas destiladas (44,1%).

Ou seja, a bebida alcoólica (álcool) faz parte da socialização do brasileiro.

Mas e para quem treina: será que álcool e academia combinam? Será que o consumo de bebidas alcoólicas prejudica meu treino? Vamos descobrir isso no post de hoje.

 

 

 

O consumo de álcool pelos brasileiros aumentou durante a pandemia

 

Sim, o brasileiro consumiu mais álcool durante a pandemia.

De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o isolamento social imposto pela Covid-19 gerou o aumento de consumo de vinho e de cerveja pelo brasileiro.

  • Sobre vinhos: De janeiro a agosto de 2020, foram comercializados 313,3 milhões de litros, 37% a mais em relação ao mesmo período do ano anterior (2019).
  • Já em relação a cerveja: a Ambev divulgou que suas vendas de cerveja no Brasil aumentaram 25,4% em volume apenas durante o terceiro trimestre de 2020.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), juntamente com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), apontou que 42% dos entrevistados no Brasil relatou alto consumo de álcool durante a pandemia de Covid-19.

Por isso, houve a recomendação da OMS/OPAS para que os governos adotassem políticas públicas para limitarem a disponibilidade e o acesso ao álcool, assim como a adoção de intervenções para melhorar a saúde física e mental, tanto durante a pandemia, quanto no período pós-recuperação.

No Brasil, o próprio Ministério da Saúde alerta que qualquer tipo de bebida alcoólica pode trazer danos imediatos à saúde, assim como também no médio ou longo prazo.

Sabemos de todos os malefícios sociais que o álcool pode causar. Mas muitas pessoas têm uma dúvida: será que o álcool afeta meu desempenho na academia? Se sim, de que forma?

 

 

 

Álcool e academia: o efeito desta combinação

 

Com o início da vacinação, espera-se que, gradualmente, as pessoas retomem as suas rotinas. Inclusive, frequentar a academia. Porém, é necessário abandonar o álcool tão consumido durante o isolamento?

De acordo com o Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa), a relação entre álcool e academia é discutida há muito tempo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) pontua que não há volume seguro para a ingestão de bebidas alcoólicas.

Mas, afinal, quais são os efeitos do álcool para quem treina?

Na verdade, os estudos apontam diversos efeitos negativos. Vamos discutir 5 (cinco) deles.

 

Desidratação

 

Já sabemos que a ingestão de bebidas alcoólicas leva à desidratação, pois os rins precisam filtrar um grande volume de água para quebrar as moléculas de álcool.

Porém, juntamente com o álcool que vai sendo eliminado lentamente pelo organismo, perde-se também sais minerais, como o cálcio, essencial para a saúde da massa óssea.

 

 

Aumento de peso

 

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) reforça que as bebidas alcóolicas são, geralmente, muito calóricas. E não há mágica: calorias a mais é igual a ganho de peso.

O CISA traz uma tabela com os diferentes tipos de álcool e suas calorias médias. Para se ter uma ideia: uma cerveja regular com 355 ml possui 149 calorias.

Assim, o álcool acaba fornecendo uma quantidade alta de calorias, apesar de não fornecer nutrientes (proteínas, vitaminas ou minerais). Ou seja, são as “calorias vazias”.

Desta forma, as calorias do álcool não trazem nada de nutritivo para o organismo.

Além disso, há um outro problema para quem faz academia: o corpo acaba priorizando o álcool como fonte energética ao invés de queimar a reserva de gordura do organismo.

 

 

Pode comprometer o fígado

 

O excesso de consumo de álcool também pode afetar a função do fígado, através do acúmulo de gordura no órgão, comprometendo a sua capacidade de eliminar toxinas, além de diminuir a absorção de vitaminas e minerais.

 

 

Álcool e treino: sabotando o crescimento muscular 

 

Alguns estudos têm mostrado que o alto consumo de bebida alcoólica afeta, negativamente, o crescimento muscular (objetivo de muitas pessoas que frequentam a academia).

O consumo de álcool pode aumentar os níveis de cortisol (responsáveis por estimular a degradação das proteínas), além de diminuir a secreção de testosterona (responsável pela da síntese de proteínas).

Ou seja, interferindo diretamente no crescimento muscular e na densidade óssea.

 

 

Comprometendo a performance do treino

 

A Revista Brasileira de Nutrição Esportiva (RBNE) pontua outros efeitos negativos do excesso de álcool para o organismo de quem faz academia para:

  • síntese de proteínas;
  • função imunológica;
  • cardiovascular;
  • nutricional e hormonal;
  • qualidade do sono;
  • habilidades psicomotoras.

Tudo isso pode prejudicar, direta ou indiretamente, o desempenho e a recuperação do exercício físico.

Por isso, você já sabe: se  quer ter um bom desempenho na academia, precisar analisar os prós e contras do consumo do álcool, mesmo pontualmente

Gostou de conhecer a relação entre álcool e academia? Quer continuar se informando sobre o mundo fitness? Para te ajudar, separamos aqui 3 (três) posts que, certamente, vão te interessar:

 

 

E que tal acompanhar os posts do Ciência Fitness no nosso Instagram? Lá tem posts semanais para você acompanhar as novidades. Fique por dentro dos assuntos e tendências sobre academia, mundo fitness, alimentação saudável, dicas de treinamento e acompanhe sempre nosso blog.

Leave A Comment