/, Nutrição/Bebidas alcoólicas e saúde: o que eu preciso saber?

Bebidas alcoólicas e saúde: o que eu preciso saber?

2020-04-02T22:03:15+00:00 abril 2nd, 2020|Categories: Fitness, Nutrição|Tags: |

Você acha que o consumo de bebidas alcoólicas pode afetar sua rotina fitness? Entenda qual o efeito do álcool para o organismo

Para entender um pouco sobre os efeitos do álcool, trouxemos um estudo que apontou que 30,1% dos pesquisados informaram ter consumido, pelo menos, uma dose de bebida alcoólica nos 30 dias anteriores. E, aproximadamente, 2,3 milhões de pessoas apresentaram critérios para dependência de álcool nos 12 meses anteriores à pesquisa (Fonte: Fiocruz, 2017). São números que nos convidam a uma reflexão: até que ponto o consumo de álcool, tão presente na cultura brasileira, afeta a saúde do indivíduo? No post de hoje trazemos este tema para análise. Vamos lá?

Bebidas alcoólicas e a saúde card

Bebidas alcoólicas: contexto geral

O próprio Ministério da Saúde alerta que qualquer tipo de bebida alcoólica pode trazer danos imediatos à saúde, assim como também no médio ou longo prazo. E ele pontua que, para a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há volume seguro para a ingestão de bebidas alcóolicas.

Impactos do álcool na saúde

O Ministério da Saúde ainda salienta que, a longo prazo, o álcool afeta e prejudica todos os órgãos, em especial o fígado. O fígado é órgão responsável pela destruição das substâncias tóxicas ingeridas ou produzidas pelo corpo durante a digestão. Assim, havendo o consumo de uma grande dosagem de álcool, o fígado sofre uma sobrecarga para metabolizá-lo. Além disso, o álcool no organismo causa inflamações, tais como:

  • gastrite, quando ocorre no estômago;
  • hepatite alcoólica, no fígado;
  • pancreatite, no pâncreas;
  • neurite, nos nervos.

É importante também destacar a relação do álcool com os acidentes de trânsito, violência doméstica, dentre outros problemas.

Sono

Por mais que o senso comum acredite que uma dose de álcool antes de dormir pode facilitar o sono, na verdade, o efeito pode ser bem diferente. Com o processamento do álcool pelo organismo, o sono torna-se superficial, dando a impressão de um sono não reparador ao despertar pela manhã.

Controle do peso

Para quem está controlando o peso, o consumo de álcool pode ser um vilão, pois o álcool é muito calórico. O Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA) traz uma tabela com os diferentes tipos de álcool e suas calorias médias. Para se ter uma ideia: uma cerveja regular com 355 ml possui 149 calorias.

E a pele?

A Sociedade de Brasileira de Dermatologia (Regional São Paulo) traz informações relacionadas com a desidratação de células causadas pelo álcool e outras consequências e destaca que isso traz impactos para a qualidade, a aparência e o envelhecimento da pele. Além disso, resume as 5 (cinco) principais consequências do excesso de consumo de álcool para a pele:

  • Desidratação;
  • Inchaço;
  • Cansaço;
  • Desequilíbrio hormonal;
  • Distúrbios do microbioma.

Ou seja, o álcool não é tão inofensivo como se pode imaginar. A sua ingestão, mesmo que moderada, causa efeitos no organismo como um todo. Obviamente que, para uma pessoa saudável, a ingestão moderada, em pequenas doses e espaçadas ao longo das semanas causa impactos menores. Porém, é necessário bom senso e comedimento.

Está gostando dos posts do Ciência e Fitness? Que tal falarmos sobre alimentação? O post “Como manter uma alimentação saudável durante as férias” certamente vai te interessar. Fique por dentro dos assuntos e tendências sobre o mundo fitness e acompanhe sempre nosso blog.

Leave A Comment