endomorfo somatotipo

O que é somatótipo? Entenda é que é endomorfo, mesomorfo e ectomorfo

Entenda o conceito de somatótipo e veja os tipos endomorfo, mesomorfo e ectomorfo.

 

Quando falamos de perda de peso e ganho massa muscular, muitas teorias surgem à tona com o objetivo de otimizar o treino e potencializar os resultados. Dentre elas, a teoria de somatótipo do norte-americano Sheldon surge com muita frequência.

Mas qual é o meu tipo físico? Quais são os melhores exercícios para o meu corpo? Para responder a essas questões, no post de hoje vamos entender mais o conceito de somatótipo e ver os tipos endomorfo, mesomorfo e ectomorfo.

Ficou curioso ou curiosa?

Vamos, então!

 

 

 

A genética influencia a perda de peso e o ganho de massa muscular?

 

Antes de falarmos sobre o conceito de somatótipo, é importante entender até que ponto a questão genética influencia (ou não) a perda de peso e os resultados do treino.

Sim, a questão genética tem influência, mas não é totalmente determinante. Por exemplo, diversos estudos demonstram que há mais de 100 genes relacionados à obesidade.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), a obesidade é poligênica e multifatorial. O FTO (gene da obesidade) sozinho já traz um aumento muito grande do risco, mas não é o único gene relacionado a ela. O que muitas pessoas não sabem é que a obesidade é 40% a 70% genética.

Existe, por exemplo, todo um ambiente hormonal, neuroquímico, metabólico e comportamental pró-obesidade nos indivíduos com estas variantes. Assim, dizer que a obesidade é simplesmente uma fraqueza é uma visão não só extremamente equivocada como preconceituosa e desatualizada do ponto de vista científico.

Por isso, atualmente, há disponível testes genômicos que irão informar quais as estratégias e os exercícios mais recomendados para cada indivíduo.

No caso de ganho de massa muscular, todas as pessoas têm um determinado limite genético para o crescimento muscular, variando de pessoa para pessoa.

E aí vem o conceito de somatótipo.

 

 

 

Afinal, o que é somatótipo?

 

De acordo com este conceito, a noção de somatótipo foi elaborada por William Herbert Sheldon durante a década de 40, um norte-americano que realizou distinções entre diferentes tipos de corpos que, de acordo com as suas características, impactariam de diversas formas nos próprios indivíduos.

Ou seja, o somatótipo é uma teoria da técnica de classificação corporal (fonte: o Centro de Mídias de Educação do Amazonas).

Os três tipos físicos propostos pelo pesquisador vinculam-se com maior ou menor incidência do endodermo, do mesodermo e do ectodermo nos indivíduos.

Estes três elementos são as camadas germinais que se formam no desenvolvimento e no crescimento embrionário e que dão lugar aos tecidos e aos órgãos.

 

 

Endomorfo

 

Os indivíduos com corpo endomorfo costumam ter as pernas largas e os braços magros. Assim, a região mais tonificada e forte está localizada nos membros inferiores.

Estes indivíduos têm um metabolismo muito lento e engordam com muita facilidade. Além disso, eles podem ter alguma facilidade em ganhar massa magra, mas a massa gorda também vem em conjunto.

Neste caso, a pessoa, normalmente, tem um corpo de estética mais redonda. Uma singularidade para o biotipo endomorfo é que boa parte do peso ganho vem em forma de gordura. Desta forma, é essencial investir em atividades que vão gastar essa reserva de energia como, por exemplo, os exercícios aeróbicos.

 

 

Ectomorfo

 

As pessoas de corpo ectomorfo são aquelas com metabolismo acelerado e que quase sempre têm uma grande dificuldade em ganhar peso, pois queimam calorias muito rápido.

Os ectomorfos caracterizam-se por terem ombros, peito e quadril estreitos. Além disso, os braços e as pernas costumam ter pouco volume. A aparência do corpo é de uma pessoa magra.

Devido ao seu acelerado metabolismo, têm dificuldade em ganhar peso, tanto em relação à massa magra quanto à massa gorda. Por isso, é preciso ingerir uma maior quantidade de calorias, tanto para suprir suas necessidades quanto para ganhar peso.

Para estas pessoas também são aconselhados treinos curtos, porém de alta intensidade para conseguir os resultados esperados.

 

 

Mesomorfo

 

Por fim, o biotipo dos mesomorfos é caracterizado por ganhar e perder peso muito fácil. Eles são naturalmente fortes, o que ajuda na construção dos músculos.

Ou seja, estes indivíduos apresentam uma estrutura atlética, com ombros largos e peito aberto. O músculo é bem definido, então a característica de corpo atlético surge com esse tipo corporal.

Por isso, os mesomorfos respondem melhor aos exercícios com peso, pois eles conseguem definir os músculos com facilidade.

Porém, como também apresentam facilidade para ganhar peso em forma de gordura, é bom tomar cuidado com a ingestão em excesso de calorias, pois o ganho é mais fácil que os ectomorfos, por exemplo.

 

 

Gostou de saber mais sobre o conceito de somatótipo e sobre os tipos endomorfo, mesomorfo e ectomorfo? Que tal continuar se informando sobre o mundo fitness? Para te ajudar, separamos aqui 4 (quatro) posts que, certamente, vão te interessar:

 

Hora do treino: o que comer antes e depois do treino

O que é hipertrofia muscular?

6 exercícios para o seu treino de hipertrofia

O que é Massa Magra: definição e como evitar massa gorda

 

E que tal acompanhar os posts do Ciência Fitness no nosso Instagram? Lá tem diversos posts semanais para você acompanhar as nossas novidades.

Fique por dentro dos assuntos e tendências sobre academia, mundo fitness, alimentação saudável, hipertrofia, dicas de treinamento e acompanhe sempre nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *