//Produtos orgânicos: como começar uma rotina alimentar mais saudável?

Produtos orgânicos: como começar uma rotina alimentar mais saudável?

2020-04-15T20:01:00+00:00 abril 15th, 2020|Categories: Nutrição|Tags: |

Entenda o que são os produtos orgânicos, como identificar os alimentos orgânicos e dicas para começar uma rotina alimentar saudável.

A cada ano, a alimentação mais saudável tem ganhado milhões de adeptos. Atualmente, em muitas cidades (mesmo as menores), é possível encontrar alternativas para uma alimentação mais saudável, seja com restaurantes direcionados para esta proposta ou opções de pratos em restaurantes mais generalistas.

Neste contexto, a busca por produtos orgânicos tem crescido. Por isso, no post de hoje vamos desvendar sobre os alimentos orgânicos.

Entendendo o que são produtos orgânicos

Antes de falar, especificamente, sobre alimentos orgânicos, vamos entender o conceito geral de produtos orgânicos. Assim, o produto orgânico é aquele obtido através de um sistema orgânico de produção agropecuária (ou a partir de processos extrativistas sustentáveis), com a preocupação de não prejudicar o meio ambiente, não comprometer os recursos naturais e respeitar as características socioeconômicas da comunidade local (Fonte: Organis, 2019).

Quando se trata de alimento orgânico, o Ministério da Saúde destaca que a principal característica deste sistema de produção é a não utilização de agrotóxicos, adubos químicos ou substâncias sintéticas que agridam o meio ambiente. Desta forma, para ser considerado orgânico, o processo produtivo deve levar em consideração o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando relações sociais e culturais.

Assim, quando um produto é certificado como orgânico, não é apenas pela sua forma de produção: há um compromisso com a sustentabilidade ambiental e a responsabilidade social em relação a todos os envolvidos neste processo. E quando falamos de produtos orgânicos, é importante lembrar que não nos referimos apenas aos alimentos: atualmente, há uma grande diversidade de produtos orgânicos, desde cosméticos, vestuários, dentre outros.

Como ter certeza de que um produto é mesmo orgânico?

Um receio de muitos consumidores em relação aos produtos orgânicos é a desconfiança se ele é realmente orgânico.

No Brasil, é a Lei no 10.831/2003 que regula a agricultura orgânica e estipula várias condições exigidas por lei para que um produto seja considerado orgânico.

No Brasil, os procedimentos que o produtor necessita seguir para poder vender seus produtos como orgânicos são definidos pelo sistema oficial de certificação. Apesar das certificadoras serem privadas, elas são validadas e acompanhadas pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

O MAPA criou um selo nacional de certificação e qualquer produto comercializado como orgânico no Brasil (exceto aqueles que os pequenos produtores vendem diretamente aos consumidores) precisam ter esse selo estampado na embalagem. É o Selo SisOrg (Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica).

Como funciona a nomenclatura na rotulagem para produtos processados:

  • Orgânico ou Produto Orgânico: mais de 95% de ingredientes orgânicos;
  • Produto com ingredientes orgânicos: 70% a 95% de ingredientes orgânicos.

Desta forma, a presença do Selo SisOrg no rótulo é uma garantia para o consumidor que deseja saber se determinado produto é orgânico de verdade.

Alimentação orgânica: principais benefícios

Há diversos benefícios de introduzir alimentos orgânicos na dieta. Os alimentos orgânicos possuem mais nutrientes, além de serem mais saborosos, pois conservam o sabor mais autêntico do próprio alimento. Um outro ponto positivo é que os alimentos orgânicos colaboram para um meio de vida mais sustentável.

Uma outra diferença entre o alimento orgânico e o tradicional é a potencialidade que o primeiro tem de carregar mais defesas naturais. O Ministério da Saúde elucida com exemplos: o licopeno encontrado no tomate é um antioxidante importante que retarda o envelhecimento e pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer, entre eles o de próstata. Já o caroteno da cenoura combate infecções e atua de forma benéfica nas artérias, reduzindo o risco de infarto. Ou seja, o alimento orgânico pode potencializar algumas funcionalidades. Vamos entender melhor?

Alimentação funcional e alimentação orgânica: qual é a relação?

É comum as pessoas confundirem a alimentação orgânica com a alimentação funcional.

  • Alimentos funcionais: são os alimentos que, para além dos seus valores nutricionais, trazem outros benefícios à saúde como, por exemplo, aumento da defesa do organismo, prevenção ou recuperação de doença específica, dentre outras. No caso dos produtos industrializados, a Anvisa estipula alguns critérios.
  • Alimentos orgânicos: como já foi visto, são aqueles que em todos os processos de produção respeitam o meio ambiente e visam a qualidade do alimento, sendo isentos de agrotóxicos, adubos químicos, drogas veterinárias, aditivos químicos, hormônios e antibióticos.

Assim, é possível integrar uma dieta funcional com produtos orgânicos para potencializar os resultados e adotar um estilo de vida ainda mais saudável.

Introduzindo alimentos orgânicos na dieta

Para quem quer começar a introduzir alimentos orgânicos na dieta, organizamos aqui 2 (duas) dicas bem interessantes.

Foi criada a plataforma Onde encontrar orgânicos que tem como objetivo aproximar quem vende orgânico dos consumidores, através de vários filtros que facilitam encontrar exatamente o que o potencial cliente deseja.

Já para quem prefere as feiras mais tradicionais, a plataforma Mapa de Feiras Orgânicas pode ser bem interessante. Por exemplo, utilizando o estado de São Paulo, a plataforma identifica 198 (cento e noventa e oito) iniciativas e mostra a sua localização por cidades.

Está gostando dos posts do Ciência e Fitness? Já que o clima está esfriando e o inverno está próximo, que tal falarmos sobre alimentação? O post “Alimentação como aliada no combate aos resfriados e gripes” certamente vai te interessar. Fique por dentro dos assuntos e tendências sobre o mundo fitness e acompanhe sempre nosso blog.

Leave A Comment