tipos de bicicleta

Conheça 6 tipos de bicicletas e saiba qual o ideal para você

Escolher uma bike pode ser interessante e divertido. Conheça os principais tipos de bicicleta antes de comprar a sua!

 

Bicicleta é um instrumento que nos acompanha a vida toda: pode ser uma simples brincadeira durante a infância, um esporte, hobby ou meio de locomoção na vida adulta.

Se você quer começar a pedalar agora, ou até mesmo se já anda de bicicleta, é importante saber qual a bike adequada para o seu tipo de uso.

 

Leia também: Conheça os benefícios do ciclismo para a mente e o corpo

 

Você conhece os tipos de bicicleta?

6 tipos de bicicleta ciencia fitness

 

Separamos os 6 tipos de bike mais conhecidos para você descobrir qual a melhor para você.

 

6 tipos de bicicleta para iniciantes

 

Híbrida, speed, fixa, dobrável… Apesar de parecer simples, a variação de bicicletas é gigantesca!

Por isso, vamos descomplicar o assunto!

 

Bicicleta Urbana

bicicleta urbana
Foto: Pinterest

A bicicleta urbana é um dos principais tipos de bike para iniciantes, porque é um modelo super versátil.

Existem vários tipos de bike urbana: as retrôs, as clássicas, as que são feitas especialmente para transporte de pequenas cargas, e por aí vai. Versátil mesmo, né?

Uma bike urbana é ideal para passeios em parques ou na praia e também pode ser uma ótima companheira para a locomoção no dia a dia na cidade.

Normalmente, esse modelo apresenta 21 velocidades (marchas) diferentes, característica que colabora para diferentes tipos de pedaladas.

 

Atente-se ao tamanho da bike!

O tamanho do quadro ideal para a sua altura é o que vai proporcionar conforto durante suas pedaladas. Confira os tamanhos de quadro indicados para estatura:

  • Estaturas de 1,45 a 1,55m: quadro 13 a 14;
  • Estaturas de 1,55 a 1,70m: quadro 15 a 16;
  • Estaturas de 1,70 a 1,80m: quadro 17 a 18;
  • Estaturas de 1,80 a 1,90m: quadro 19 a 20;
  • Estaturas de 1,90 a 2m: quadro 21 a 22.

 

É importante ficar atento à medida do aro também. Os mais populares no brasil são os aros 26”, 27,5” e 29”.

Os aros 26″ costumam ser mais resistentes, já que são mais estreitos, e são mais indicados para o dia a dia.

Bikes com aro 27,5″ são consideradas intermediárias: proporcionam mais estabilidade que os aros menores e menos velocidade em relação aos modelos maiores.

Se você pedala em terrenos acidentados, procure optar por uma bike com aro 29″, elas terão um desempenho melhor nesse tipo de asfalto.

 

Bicicleta híbrida

Bicicleta híbrida
Foto: Pinterest

Esse certamente é o modelo mais vendido no mercado hoje em dia.

Como o próprio nome já remete, uma bike híbrida é uma junção de modelos diferentes. Ela tem um pouco das bicicletas de estrada e corrida (as speeds) e um pouco das bikes de montanha — as mountain bikes.

Assim como as urbanas, as híbridas também são super versáteis. É um modelo que se encaixa em todo tipo de uso, e, dependendo do material, costuma ser mais resistente.

Uma bicicleta híbrida também costuma ter 21 marchas, ou seja, pode ser uma excelente opção para quem enfrenta subidas nos trajetos.

Ah, e se o seu percurso tem terrenos irregulares e ruas mais “difíceis”, uma bike híbrida com suspensão dianteira é o ideal para você! Se o seu caminho é mais plano e regular, a híbrida também poderá te atender — é só escolher um modelo sem a suspensão.

É realmente um modelo que atende vários gostos, né?

 

Sobre os tamanhos das híbridas:

Normalmente, esse modelo vem com rodas aro 700mm: é o mesmo diâmetro que o aro 29″, mas possui uma espessura menor — o que ajuda a atingir velocidades um pouco maiores.

A proporção dos tamanhos dos quadros é a mesma que a das bikes urbanas.

 

Speed/estrada

bicicleta speed
Foto: Pinterest

 

Essa não é exatamente uma bike para iniciantes, mas para quem já pedala e deseja pedaladas mais longas em superfícies planas.

A bicicleta de estrada, também conhecida como speed, é para quem busca velocidade no asfalto. São bicicletas para a prática esportiva!

Seus pneus são finos e elas costumam ser bastante leves — o que ajuda na boa performance. Como são bicicletas para percorrer longas distâncias em superfícies planas, não necessitam de tantas marchas. Geralmente uma bicicleta de estrada apresenta 8 velocidades diferentes.

Os tamanhos dos quadros variam conforme a altura do ciclista:

  • Estaturas de 1,50m a 1,60m: quadros de 46 a 50 cm;
  • Estaturas de 1,60m a 1,70m: quadros de 50 a 53cm;
  • Estaturas de 1,70 a 1,80m: quadros de 53 a 56cm;
  • Estaturas de 1,80m a 1,90m: quadros de 56 a 59cm;
  • Estaturas de 1,90 a 2m: 59 a 63 cm.

 

Antes de usar uma speed, recomendamos que pratique pedaladas em uma bike híbrida.

 

Single Speed

Single Speed
Foto: Pinterest

É um dos modelos mais comuns de bicicleta, um dos mais baratos também.

A single speed é uma ótima opção para quem procura por uma bike simples e leve, e pode atingir boas velocidades em planícies na cidade.

Ela é ideal para passeios ou locomoção em superfícies planas, uma vez que não possui marchas. Ou seja: exige muito mais esforço para subidas.

A manutenção de uma bike single é menos trabalhosa que outros tipos de bicicleta, já que tem menos peças, e seus tamanhos são os mesmos que os das bikes de estrada.

 

Bicicletas Dobráveis

bicileta dobrável
Foto: Pinterest

 

Quem busca por uma bike para se locomover no dia a dia pode optar por uma bike dobrável.

Ela é muito procurada por quem não tem estacionamento no escritório, mora em um apartamento com pouco espaço ou utiliza metrô/ônibus no percurso diário.

Ou seja, é um modelo prático. No entanto, é difícil encontrar uma bicicleta dobrável com preço acessível.

Suas rodas pequenas colaboram para uma aceleração mais rápida, mas as bikes dobráveis não são modelos indicados para percorrer longas distâncias. Também não possuem muitas marchas: geralmente, modelos dobráveis têm até 6 velocidades.

Por serem versáteis, não há uma grande variação de tamanhos: elas costumam variar entre 70 a 80cm de comprimento, 20 a 40cm de largura e 60 a 70cm de altura.

 

Mountain bike

Mountain bike
Foto: Pinterest

Conhecida por seus pneus largos, é um dos modelos mais populares no Brasil.

Assim como as bikes híbridas, a mountain bike também oferece bastante versatilidade e é uma ótima pedida para iniciantes.

A principal característica desse modelo é a suspensão, que pode ser dianteira ou dianteira e traseira. A suspensão, como falamos anteriormente, facilita a pedalada em superfícies acidentadas.

Seus tamanhos de quadros e aros são os mesmos que os modelos de bike híbrida, a quantidade de velocidades também: bikes de montanha costumam apresentar 21 marchas.

Como já sugere o nome, elas são indicadas para a prática de mountain bike (trilhas com bicicleta) e apresentam inúmeras variações de materiais.

 

Agora ficou mais fácil escolher o tipo de bicicleta que vai te acompanhar nas próximas aventuras, né?

 

Ao adquirir uma bike, não esqueça de manter sua manutenção em dia — recomendamos que leve a um profissional a cada dois ou três meses para que ela esteja sempre em ordem, com as correntes lubrificantes e freios alinhados.

Além de usar sempre capacete em suas pedaladas recomendamos que, para casos de emergência, carregue sempre anotado o telefone de alguém de confiança e o seu tipo sanguíneo.

 

Gostou do texto?

Separamos outros artigos pelos quais você também pode ter interesse:

 

Da saúde física à mental: confira os benefícios do ciclismo

Hora do treino: dicas do que comer antes e depois do treino para maximizar os resultados

3 dicas [infalíveis] para combater a retenção de líquido

Você sabe o que é resistência muscular e sua importância para o seu treino?

 

Acompanhe o Ciência Fitness no Instagram também! Lá, publicamos sobre diversos assuntos do universo fitness.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *